domingo, 16 de outubro de 2011

Crônica de mau humor:


(Crônica roubada do meu antigo blog - "Diário de Bordo do Fer")

Outro dia estava no trabalho e uma colega comentou que estou sempre de bom humor e que nunca tinha me visto de cara amarrada, mesmo nos momentos de maior stress, coisa muito comum em um ambiente de trabalho. Bom, dificilmente algo me tira do sério e, mesmo quando isso acontece, minutos depois já to mais calmo. Com o passar dos anos a gente vai aprendendo a controlar melhor certas reações.

Nem me lembro quando foi a última vez que fiquei de mau humor. Não são aborrecimentos que acontecem durante o dia que me fazem ficar assim, eu já tenho que estar de aborrecido logo assim que acordo.

Com o passar dos anos também fui mudando meu comportamento diante de uma situação como essa. Hoje, quando fico de mau humor, não sou grosseiro mas quem me conhece sabe que sou de um sarcasmo do tipo que, seu eu cuspir no chão, abre-se uma cratera...rsrs.

Então, seriam mais ou menos assim algumas situações onde não me encontro no melhor do meu dia, minhas respostas e o que eu REALMENTE penso (entre parênteses)...hehehe.

- Estou na rua e encontro aquela amiga notoriamente acima do peso, mas se achando a Garota Fantástica. Então ela pede pra olhar pra ela e dar minha opinião:
"Essa roupa ficou um pouco justa em você." (Gorda!)
"Hmmm, sei não. Vamos começar uma caminhada segunda-feira?" (Pra elefante só falta a tromba)

- Chego no trabalho, logo de cara vem um chato fazendo uma daquelas brincadeiras sem graça e eu respondo:
"Engraçadinho você."  (Babaca!)

- Estou on line no msn e vejo que tem alguém me mandando dúzias de mensagens mas só umas 2 horas depois que eu vou lá e respondo:
"Desculpa querido(a) tava muito enrolado aqui." (Tava coçando o saco e não tava afim de te atender!)

- Encontro com aquela minha amiga com quem a natureza não foi muito generosa. A infeliz me faz uma mudança no visual que só consegue piorar as coisas e ainda pergunta minha opinião:
"Hummmm, ousado!"  (Não gostei!)
"Hummmm, ficou diferente" (Feia!)
"Hummmm, ficou cheia de estilo!"  (Faça algo em prol da beleza da cidade, MUDE-SE!)
"Ai, preferia como tava antes..."  (Querida, tenta a sorte. Se mate e tenta nascer de novo pra ver se resolve!)

- Aquele(a) amigo(a) que eu sei que não sabe cozinhar te chama pra almoçar/jantar na casa dele(a) e ainda resolve oferecer um prato especial que nunca tinha feito. Pra não perder o(a) amigo(a) acabo indo e na primeira garfada ele(a) me pergunta o que achei da comida:
"Huuuummmm"  (Se eu não falar mais nada é porque tá mais ou menos)
"Huuuummmm, diferente..."  (Horrível!)
"Huuuummmm, o gosto tá algo assim, exótico..."  (Nunca mais boto os meus pés aqui!)

- Vou na padaria e vem aquele engraçadinho falando "Comprou pão pra tomar café, hein" e eu respondo:
"Pois é..."  (Não imbecil, comprei pra enfeitar minha árvore de Natal!)

- Estou eu caminhando tranquilamente e de repente lá vem aquela minha amiga, que mais parece um carro-alegórico, com uma roupa e adereços nem um pouco discretos e que, infelizmente, pára pra falar comigo e pede minha opinião:
"Huuuummm, colorida essa sua roupa!"  (No carnaval você vai arrasaaaaaaaar!)
"Nossa, como você ficou diferente!"  (Pior impossível!)
"Você está irreconhecível!"  (Deus! Tenha piedade desta alma e faça com que nenhum amigo meu passe por aqui e me veja do lado desta Drag-Queen!)

Bom, por enquanto é só. Se eu lembrar de mais alguma situação publicarei em outro post....rsrs

Fui!

1 comentários:

Delano disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Ri litros, kra, mt bom o texto!

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Apenas um blog com textos de um cara que se acha cronista e pensa que, no meio de seus devaneios, escreve alguma coisa que preste...hehe

...

Espaço destinado a publicar crônicas sobre fatos cotidianos mas, claro, com uma pitada de humor ácido. Nada de resenhas convencionais porque crítica maneira é aquela cujo veneno escorre pelo canto da boca.

Seguidores

Perfil do autor no Facebook

Visitas